Se deixar cortar. Lasciarsi tagliare

2 abr

A primavera, com seu encantos, me faz sorrir a cada manhã. As plantas brotando ou começando a florir, a renascer. Os passarinhos nos ninhos, a magia de ouvi-los cantar nas horas mais diversas. Sim, a natureza tem tanto a nos ensinar! Aprender, com as primaveras, a “se deixar cortar para voltar inteira”, como Cecilia Meireles. Esta, creio, seja a mensagem para hoje. Mas o que significa “se deixar cortar”? Seja metaforicamente, simbolicamente, seja de um ponto de vista concreto, é um dos nossos grandes desafios. Cortar o que já não nos serve, cortar relações desgastadas, cortar a negatividade. Cortar aquilo que nos impede de evoluir, de crescer como ser humano. Nem sempre é fácil, nem simples, entender, viver, sentir e, acima de tudo, aceitar, com o coração sereno, que “cortes” devem ser feitos, que precisamos de novos caminhos, mudanças de direção, que devemos deixar coisas para trás para poder seguir em frente. O desapego é necessário para nos sentirmos mais leves e, por incrìvel que pareça, mais completos. O primeiro passo é dar-se conta disto. Depois, sem pressa, respeitando o seu ritmo e, acima de tudo, aprendendo a escutar o próprio coração, podemos partir à ação. Cortar, desbastar, adubar, renovar. A vida, os sonhos, as escolhas. Com serenidade, confiança, sem cobranças. A vida ensina, a vida mostra e, tudo a seu tempo, cortando, aos poucos, o que não serve mais, a nossa alma se engrandece.

Quem disse que Milao é cinza???La primavera, con il suo fascino, mi fa sorridere ogni mattina. Le piante che spuntano o iniziano a fiorire, a rinascere. Gli uccelli nei nidi, la magia di sentirli cantare nelle ore più diverse. Sì, la natura ha molto da insegnarci! Imparare, con le primavere, a “lasciarsi tagliare per tornare completi”, come Cecilia Meireles. Questo, credo, è il messaggio per oggi. Ma cosa significa “lasciarsi tagliare”? Metaforicamente, simbolicamente, da un punto di vista concreto, è una delle nostre maggiori sfide. Tagliare ciò che non ci serve, tagliare le relazioni danneggiate, tagliare la negatività. Tagliare ciò che ci impedisce di evoluire, di crescere come essere umano. Non è sempre facile, né semplice, capire, vivere, sentire e, soprattutto, accettare, con il cuore in pace, che “tagli” devono essere fatti, che abbiamo bisogno di nuove vie, cambi di direzione, che dobbiamo lasciare alcune cose alle spalle per essere in grado di andare oltre. Il distacco è necessario per sentirsi meno appesantito e, stranamente, più completi. Il primo passo è rendersi conto di tutto ciò. Poi, senza fretta, rispettando il proprio ritmo e, soprattutto, imparando ad ascoltare il proprio cuore, possiamo cominciare ad agire. Tagliare, affettare, fare compostaggio, rinnovare. La vita, i sogni, le scelte. Con serenità, fiducia, senza esigere troppo di se stessi. La vita insegna, la vita ci dimostra e, tutto nel giusto tempo, tagliando, piani piano, quello che non ci serve più, la nostra anima si ingrandisce.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: