Arquivo | janeiro, 2013

Tempo

9 jan

Esta eu tinha esccrito no Facebook, e reproduzo aqui!

A gente se dá conta da inexistência o tempo quando passa a sentir saudades de momentos que, em teoria, “jamais vivemos”, de pessoas que “nesta vida” jamais conhecemos… Inicialmente pode parecer estranho, mas depois entendemos que isto ocorre porque esta vida não é a única, ou melhor, únicos somos nós, mas as vidas, são muitas, e os encontros e desencontros acontecem por alguma razão. Confuso? Tento me expressar melhor: sentir sudades de alquém que partiu antes da gente nascer, nada tem de estranho. Porque mesmo que não tenhamos plena consciência disto, um dia, este encontro aconteceu. Por essas e outras que lembro e penso sempre em vocês, Renan de Souza e Italia Cassina Festugato!

 

Renan e Italia