Arquivo | outubro, 2009

Voce sabia…

29 out
Voce sabia que a palavra "chaleira"  vem de chà?? Parece obvio, ou melhor, é obvio… Sò que a esperta aqui nunca tinha percebido! Nunca, até o dia em que: "Quero comprar uma chaleira! Como se diz?" – e me respondem: Cosa vuoi? Una teieira?  e eu….Espera… mas teieira vem de chà, certo? Uma coisa pra fazer chà. Nao!! Nao é isto!! Quero uma chaleira, um negòcio onde a gente esquenta àgua, e nao um negòcio pra fazer chà!!!
Até que… achei! Era disto que eu falava! Isto é uma chaleira! (Vou entao ler o nome: teieira!)- Claro!! Que estupida… chà- chaleira… Faz sentido… (Mas se é assim, por que nao chamam agueira??)- (Continuo associando teieira àqueles bules de chà… uns que vem com um filtro, sabe… proprios pra chà mesmo)
Anúncios

recado pro Zeca/Zeco!!!

29 out
E aeee… tudo bem? Olha… parece que quando a gente està longe, tudo nos faz lembrar de todo mundo… Alguém que passa na rua nos faz pensar em alguém conhecido, um jeito ,uma palavra, nos faz lembrar de outro ,e por ai vai… Mas sabe… tenho lembrado muito de ti. Acredito que aquele tempo em que convivemos mais de perto, deixou vàrias marcas, vàrias lembranças, que fazem com que eu pense em ti direto!!
Bom, agora nao vou lembrar de tudo.. .sao pequenos detalhes, na verdade…
O ultimo deles: achei bananas no supermercado!! E por que lembrei de ti? Uma, pelos cafés-da- manha na Rondinha… (Saudades de quando iamos todos! De jogar Imagem e Açao! Andar de bodyboard!). Outra, porque sabe de onde vinham as bananas?? Costa Rica!! (Lembra… tu falava direto da Costa Rica no periodo em que moramos juntos!)… E Zeco… tem uma coisa aqui que acho que faria com que tu se sentisse no paraiso: se come AZEITONAS todos os dias!!
Outra coisa legal, é que os caes fazem parte do cotidiano… Andam de onibus, de bonde, vao aos restaurantes. Existem parques e praças especificos para eles, cercados, onde eles podem correr livres, soltos. (Se o Alvim tivesse vivo, ia adorar!)
Ah… e tu que é o cara das àguas… A àgua aqui é muito rica em calcàrio… As panelas e objetos, depois de um tempo, ficam todos manchados de branco… E, pra lavar a roupa, se usa sempre uma pastilha de anti-calcàrio adicionada à àgua…
Por hora era isto!
Beijo!!!

tempo louco? Tempo pazzo?

29 out
Pois é galera… parece que a culpa é do aquecimento global…. das barbaridades que fizemos com a natureza… enfim… indiretamente, a culpa é nossa… Nossa culpa do tempo ser assim… louco, pirado, doido varrido!!
Bem, pensam  que é sò no Brasil, ou sò em Caxias, ou sò em POA que o tempo é meio maluco?? Que nada!! (A diferença é que tempo louco em Milao é chique! hahahaha)- Esta do chique pegou mesmo… Valeu Dani!!!
Buenas… outono, por enquanto, està sendo a época (como se eu jà tivesse passado por muitas épocas aqui… hehehe. Bem, é modo de dizer). Està sendo a época mais louca no que tange à temperaturas. Pra voces terem uma idéia, quando levantamos de manha, a temperatura oscila entre 4 e 8 graus. E, durante o dia, cherga a uns 22, 23! Depois, volta a esfriar, mas menos. (Fica uns 14, acredito eu). E isto, somado ao calor que faz dentro de casa e dos meios de transporte… Pensem sò!
Sim… olha que coisa mais sem nexo: declararam o dia "oficial" do acendimento dos termosifones, ou seja, a partir de 15 de outubro, os termosifones – leia-se aquecedores- podiam ser acesos duas vezes ao dia, de manha e à noite. Beleza, porque estava fazendo frio… Sò que o tempo deu de novo uma mudada, voltou a ser clima de primavera…um clima agradàvel, aquele friozinho bom… ar fresco…Mas continuam ligando os aquecedores!!! Resultado? Consumo, gasto e calor desnecessàrio!! Eu henin…

Ainda sobre comida…

26 out
PRATO FUNDO! Risotos e massas sao sempre servidos em prato fundo… e,
para comer, usam sò o garfo (Nao usam a faca pra ajudar a empurrar a
comida pra cima do garfo, como eu faço!). "Ajudam" com o pao… ou com
o grissini…(Certo que neste aspecto o prato fundo realmente fica mais
pràtico). Bom, mas o uso do prato fundo é justificado, porque o molho
acaba sendo melhor aproveitado…
Sobre o modo de comer, é tudo separado.. primo, secondo, contorno,
insalata, frutta, dolce… (Em casa eu dou umas invertidas, como por
exemplo, comer a salada no inicio, em vez de no final…).
Um exemplo: primo, é uma massa, ou um risoto, ou uma sopa. Secondo: geralmente uma carne. Contorno: uma verdura cozida, tomate, etc…. Insalata: salada verde.
E dà-lhe comilança!!!

Falando em comida…

26 out
Falando em comida, o que faz o desejo  e a necessidade, né? Por que quando estamos fora sentimos vontade de comer justamente aquelas comidas que nao se encontra por aqui, ou que sao dificeis de conseguir?? Bom, pao de queijo nem conta…
Bem, nesta de comer o que tem vontade, jà fiz panquecas umas 3 vezes, com recheios diferentes (Ana, valeu pela panquequeira!), fiz pastel – neste dia foi muito engraçado… Tive que fazer a massa, pois aqui non si trova. Achei vàrias receitas, optei pela mais simples. E uma das dicas era a de deixar a massa bem fininha, pro pastel ficar crocante… Bom… acho que em alguns, dei uma exagerada… a massa ficou transparente!! Outro prato com boa saida e assiduidade é o strogonoff de frango (carne boa custa caro). Também jà saiu um prato bàsico, arroz, feijao e bife…(Mas faltou a couve)
Ah, parece que aquele negòcio que vende produtos brasileiros là em Casale vai começar a vender picanha… Ah, se for picanha mesmo… pensei em fazer aquela receita de picanha no forno com sal grosso… (Aquela que a gente faz uma camada de sal, deita a picanha por cima e depois cobre a picanha todinha com o sal, formando uma capa. Depois de cozida, esta "capa"  sai inteirinha… e é sò saborear a carne!!(Hum… deu àgua na boca!)
Mas sabe uma coisa que eu ainda nao descobri aqui? Aipim! Mandioca! Macaxeira! Adoro pure de aipim… Ou entao, aquele aipim bem cozido, desmanchando, pra comer com carne de panela…
Ai.. melhor eu parar por aqui… Mas antes, algumas curiosidades:
Estou pegando alguns hàbitos italianos… Conheci a tal da bresaola, que é, como explicar.. um frio (como presunto, salame, copa), mas feito de carne de gado. Muito pobre em gorduras e muito energético, chega a ser recomendado pelos médicos para pacientes com risco de problemas cardiacos! Saudàvel, tem bem pouco colesterol. (Confesso que é saborosa, mas deve ser cortada bem fininha!)… Ah, italiano come pao com tudo!! (ISto nao aderi ,nem pretendo). No entanto… nao comem os frios no pao… Isto mesmo!! Comem puro! Ou melhor… regados a azeite de oliva… (Nunca tinha provado peito de peru com um pouco de azeite de oliva… fica uma delicia!)
Muzzarella… aderi ao tal "caprese"… fatias de muzzarella (que aqui é redonda, branca, e bem suave), com fatias de tomate, regadas por azeite de oliva e folhas de manjericao fresco… (às vezes coloco orégano)

Serà que sò acontece comigo?

26 out
Hoje,,, voces nem imaginam o que aconteceu… A senhorita Marian resolveu fazer um bolo. (Até aqui nenhuma novidade, quem me conhece sabe que eu vira e mexe coloco meus "dotes culinàrios" pra funcionar). Encontrei na internet uma receita que parecia interessante, e cujos ingredientes eu tinha em casa. Tratava-se de um bolo com laranja e cenoura. E, pràtico, ia tudo batido no liquidificador. Fico sempre desconfiada de bater o fermento, entao, bati o resto dos ingredientes (a farinha no final, sendo que antes a misturei com uma espàtula tipo lambe-lambe). O fermento ,acrescentei, misturando com cuidado. Tudo pronto! Agora, colocar na forma!! E, de repente…. BLAM! Cai o fundo do liquidificador, espalhando a massa do bolo por cima de tudo!!! Na tentativa de salvar alguma coisa, caiu dentro da forma o suficiente pra cobrir o fundo… e nada mais. O resto da massa do bolo foi parar no balcao, na pia, no fogao, por cima da louça jà lavada, no chao… um caos!!!E o pior é que entrou massa de bolo na parte do liquidificador onde fica o motor… tomara que esteja tudo ok!
Bom… pra nao dizer que perdi tudo, resolvi colocar pra assar aquela misera camada… Nunca vi um bolo tao fininho assim!!! hahaha…
Olha… esta realmente serviu pra testar a minha paciencia…

Aventuras e desventuras a Milano!!

23 out
hahaha… hoje foi divertido…. podia ter sido tràgico, mas quem me conhece sabe que, diante de situaçoies inusitadas, eu começo a rir…
Bem, tinham anunciado pra hoje um dia de greve do COBAS, que é um sindicato.Aqui vira e mexe os sindicatos fazem greve de um dia. Tem vezes em que sao vàrios sindicatos que se unem, e outras vezes, apenas 1 ou outro. A greve é anunciada alguns dias antes, e geralmente ocorre em sexta-feira (espertinhos, né?)
Allora… quando acontecem estas paralisaçoes (com passeatas e tudo o mais), alguns meios de transporte param de funcionar, enquanto outros diminuem a frequencia. Pois bem. Anunciaram a greve para o horàrio das 9hs da manha. Desde quarta-feira, em todos os painéis eletronica da cidade estava anunciado: greve Cobas. Transporte garantido (ou seja, transporte funcionando normalmente) até às 8:45 e apòs as 15:00. Me informei entao se no horàrio das 11 (quando saio da aula) teria algum onibus ou se eu deveria voltar a pé pra casa. Me disseram que sim, que a principio nao teria nenhum problema, salvo, talvez, ter que esperar um pouco mais.
A aventura, no entanto, começa às 8:10, 8:15 da manha. Chego na parada para pegar o onibus e, pela primeira vez, encontro-a lotada. (Detalhe: é a cappolinea!). As pessoas dizendo que esperam o onibus hà cerca de meia-hora (neste horàrio sai no màximo a cada 7, 8 minutos). Chega o onibus (na realidade cehgam 2, um atràs do outro. Entramos e o onibus parte, jà lotado. (Depois lota ainda mais). De repente, perto da praça San Babila (onde a maioria desce, porque é onde passa a linha do metro), o motorista, sem dizer nada, muda o itineràrio! (Geralmente se tem alguma via blocada, ou que nao podem passar, os motoristas param o onibus e avisam as pessoas: olha, ali nao vou poder passar. Talvez seja melhor voces descerem aqui)… Mas que nada!! Começou a se afastar cada vez mais, sem responder aos apelos das pessoas, que viam-se cada vez mais distantes do seu destino… Pediam explicaçoes, e o motorista: NADA!! Começou a andar por umas ruas estranhas, as pessoas perdidas, alguns entrando em desespero, outros indignados…Bem, nesta confusao toda, onibus lotado, as pessoas querendo descer e ele nao parando em parte alguma, começaram a pensar que o onibus tinha sido sequestrado!! Um senhor, indignado, pegou o celular e ligou pra policia, pedindo para interferirem. De repente, o onibus para e abre as portas. E agora? Onde estamos? Descer? Ficar? O que ele vai fazer? Por que nos trouxe até aqui??
Finalmente descobrimos onde estàvamos!! Na Praça da Republica!! (Que nao tinha nada a ver com onde deveriamos estar).Alguams pessoas desceram ,enquanto outras tentavam entender o que estava acontecendo. De repente, chega a policia. Fecham as portas do onibus, e ninguém desce ou sobe. (Neste meio tempo, um outro onibus passa por nòs, e segue seu trajeto. (Abre a porta!!Nos deixe descer!! Temos trabalho!! Temos horàrio!!) etc, etc, etc…A porta entao se abre.  Completamente perdida (eu e vàrios), dei de cara com um bonde, numero 29. Lembrei que ele passava perto de uma praça (Tricolore), de onde eu podia pegar um onibus pra voltar pra casa, ou simplesmente voltar caminhando. (Convém lembrar que dali a pouco seriam 9hs e nao teriamos mais como sair dali, pois os meios de transporte parariam!). Pensei: hum… o que faço? Subo naquele bonde e tento voltar pra casa? Falto a aula? Sò que a història continua! De repente, o motorista começou a olhar no mapa, e dizer que faria um desvio, mas que, a partir da rua Fattebenefratelli, voltava ao itineràrio normal. Ou seja, onde eu precisava descer, ele passaria normalmente! Resolvi, entao, voltar pra dentro do onibus. Mas quem disse que ele fez o que tinha dito? Que nada!! Seguiu por uma outra rua, e eu vendo que ele se afastava cada vez mais de onde eu devia andar. A sorte é que, quando começamos a pegar o onibus sempre mais ou menos no mesmo horàrio, passamos a reconhecer as pessoas. Vi um senhor que me lembrava que descia sempre na mesma parada que eu. Depois, o ouvi dizer a rua que ia (que era a mesma que eu). Quando nos demos conta de que o motorista nao ia fazer nada daquilo que tinha dito (ou seja, voltar ao roteiro normal), resolvemos, vendo que uma parada se aproximava, apertar a campainha, para poder descer. Quem disse que ele parou?? Que nada!! Parou bem depois…Olha… graças àquele senhor, pude chegar na aula! Um pouco atrasada (pelo horàrio em que sai, era pra ter chego às 8:40, 8:45, e cheguei às 9:20, mais ou menos)…Mas a "aventura" tem uma outra particularidade: quando estou chegando perto daquela que seria a parada "oficial" em que eu deveria descer, vejo passar um onibus da mesma linha daquele que eu tinha pego! Ou seja: era especificamente AQUELE motorista que tinha resolvido nao fazer o caminho justo!! Sobrou pra mim, sobrou pra nòs, sobrou pra quem estava naquele onibus especifico!!!
Agora digam: tem que rir pra nao chorar, né?
Bem, esta é pra começar bem o final de semana.
Daqui a pouco estou indo ao encontro do Ste, pra irmos pra Casale. (De novo por causa da greve, vou precisar sair mais cedo do qeu o planejado, pra chegar no banco antes das 5 da tarde.
Beijos e uma òtima primavera! (Aqui segue o frio, ams felizmente parou a chuva)- Ainda bem! Jà pensou toda esta confusao com chuva??
hahaha…. O legal é que assim tenho uma història pitoresca pra contar!!!